terça-feira, 9 de agosto de 2016

[PB72] Filosofia e epistemologia da geografia: grupo de trabalho em discussão (ENANPEGE 2015)

Revista da ANPEGE (s.l.)
[volume 12, número 18, p. 283-302, n.esp. 2016 - primeiros autores: Antonio Bernardes (UFF); Rodrigo Gomes (UFPE)]
OS AUTORES RELATAM O TEOR GERAL DAS COMUNICAÇÕES APRESENTADAS NA ÚLTIMA EDIÇÃO DO "ENCONTRO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM GEOGRAFIA", DENTRO DO "GT" "FILOSOFIA E EPISTEMOLOGIA DA GEOGRAFIA". A PARTIR DESTE MOSTRUÁRIO TECEM ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE O APARENTE ESTADO ATUAL DAS PESQUISAS NESTE ÂMBITO, BEM COMO VEICULAM ALGUMAS SUGESTÕES PARA O APRIMORAMENTO DOS FUTUROS ENCONTROS DE PESQUISADORES DA ÁREA.
[extrato: "Provavelmente ainda estejam predominando entre nós os estudos que se enquadram
na primeira vertente ['Filosofia da Geografia' (F:G), em vez de 'Epistemologia da Geografia' (FC:G)]. Mas gostaríamos de frisar que é o interesse por temas tais como a normatividade dos procedimentos – por exemplo, a concepção linguística dos modelos explanatórios – ou a evolução dos paradigmas – como o condicionamento conjuntural dos esquemas interpretativos – que realmente qualifica as pesquisas que merecem o adjetivo de 'epistemológicas'. E estamos convencidos de que se a segunda vertente passasse a ganhar uma atenção menos displicente, nós pesquisadores na área de Filosofia e Epistemologia da Geografia lograríamos ingressar com melhor desenvoltura no círculo de filósofos e historiadores da ciência – comunidade que já está adiantada no acompanhamento da literatura epistemológica, embora ainda desconheça nossos feitos jurisdicionais e pouco saiba das potencialidades filosóficas do caso Geografia." (292-293)]
LINK: http://anpege.org.br/revista/ojs-2.4.6/index.php/anpege08/article/view/485/263